Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

O dia em que te esqueci

por aspalavrasnuncatedirei, em 20.11.15

IMG_9871.JPG

 

Há um dia em que finalmente tudo passa, vais para a cama e adormeces profundamente, sem sonhos ou pesadelos, sem depositar na almofada as grossas e salgadas lágrimas que andaste o dia inteiro a conter. Acordas de um sono reparador, levantas-te decidida da cama, saltas para o duche sorridente, Já não te embrulhas à toalha que ele usava no banho, à espera de ainda sentir o seu aroma, vestes uma roupa elegante e colorida e quando colocas perfume, já nem te lembras da pessoa que to ofereceu.

Chega sempre o momento em que ao pegar no telefone te sentes tranquila, sabes que não tens mensagens especiais daquele por quem há tanto tempo esperas e, quando ele toca, já não largas tudo para ir a correr atender, pois sabes que a pessoa em que pensas, há muito que te esqueceu.

Um dia também, consegues finalmente frequentar aquela esplanada com vista para o mar, beber o teu café, ler o teu livro, apanhar sol no rosto, inspirar a brisa sem ter o coração em sobressalto, sabes que aquele com quem partilhaste, naquele mesmo lugar, sonhos e beijos ternos, não vai chegar e sentar-se na cadeira ao teu lado.

Há um momento na tua vida em que já não choras quando ouves a música que tanto te fez sorrir, já não te emocionas quando vês um filme romântico, já não olhas para a estrela polar pedindo como o teu maior desejo, o amor daquele que talvez nunca te tenha amado.

Há um dia em que a dor adormece e esqueces tudo o que aconteceu. Que pena que esse dia não seja hoje…

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Favoritos