Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

Olhos nos Olhos

por aspalavrasnuncatedirei, em 11.06.07

 

Imagem Retirada da Internet

 

O que é que nos faz apaixonar por alguém? O que é que acontece dentro de nós que desperta aquele «clic»? Eu penso que é a forma como nos olhamos. Os olhos são o «espelho da alma», nunca mentem, nunca dissimulam aquilo que sentimos. É fácil ler nos olhos de um homem quando somos amadas, desejadas, desprezadas ou até odiadas. Há tantas informações num simples “piscar de olhos”. Quem é que nunca recebeu um olhar daqueles que nos faz sentir nuas? Quem é que nunca olhou profundamente nos olhos de alguém e lentamente lhe deu o primeiro beijo? Quem é que nunca ouviu uma boca a dizer que não e uns olhos a dizer que sim? Os olhos! São eles sem dúvida que nos ajudam a encontrar o amor… ou a perdê-lo. Hoje encontrei um vídeo, que vos apresento de seguida, e ao vê-lo, as lágrimas correram-me pela cara abaixo. Mostra como duas pessoas se podem apaixonar numa troca de olhares e a dimensão desse amor, traduzida precisamente através dos olhos. Espero que gostem.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    De aspalavrasnuncatedirei a 11.06.2007 às 10:16

    Meu querido Marcolino!
    Espero que este post não te tenha magoado. Não era obviamente a minha intenção magoar ninguém.
    Citando-te «Nós, cegos», tu não és cego, os teus 15% de visão fazem-te ver melhor a vida e o mundo do que os meus 100%. E sabes porquê? Porque és uma pessoa sensível e cheia de discernimento. Tenho a certeza que ao olhares para trás recordas os teus tempos de «enfant terriblie», deves lembrar-te de muitas donzelas que ficaram presas no pestanejar dos teus olhos.
    Ao reiterar a importância do olhar, não me refiro de forma alguma, ao aspecto «exterior», é precisamente o contrário. Não se trata de ele/ela é bonito(a), elegante, atraente... trata-se da magia que lês nos olhos de alguém, daquilo que um olhar te faz sentir.
    A minha sogra tem um problema de visão parecido com o teu, de uma vista não vê nada, na outra tem 10% e acredita que vejo nos olhos dela a ternura e a doçura com que olha para os meus filhos, seus netos. Não sei como os vê, ou o que vê, mas acredita, meu querido Marcolino, que a forma como ela olha para os pantufinhas, traduz todo o amor que lhes tem.
    A vida faz-nos saborear o amor e aqueles que amamos de formas diferentes, com o passar do tempo as emoções, quando são verdadeiras, tornam-se mais intensas, por isso acredito que saibas «saborear a Vida sem restrições».
    Quanto ao «experimentar fazer amor com o teu companheiro, mas ambos de olhos vendados», confesso que nunca experimentei, mas fica aqui a sugestão.
    Se este meu post te magoou de alguma forma, aceita por favor o meu sincero pedido de desculpa.
    Beijinhos.
  • Sem imagem de perfil

    De Marcolino a 11.06.2007 às 18:29

    Olá jovem e grande Mulher…!

    Pesa-me a consciência de te ter dado a saber que os cegos também sentem os tais “cliques”, da forma que o fiz! Mas se um dia me conheceres pessoalmente, e à minha forma de me ver na vida, achar-me-ás bem mais doce e menos contundente.

    Teus temas são fantásticos!

    São de uma severidade grande para muitos que os lêem, mas bem recebidos pela maioria. Será uma questão de os ler e observar as respostas, como exteriorizações de afectos e sentimentos.

    Mais uma vez as minhas desculpas!

    Beijinhos do teu amigão Marcolino
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D

    Favoritos