Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

Acho-te piada

por aspalavrasnuncatedirei, em 13.10.15

 

sorriso.PNG

 

A Constança entrou na minha vida para não mais sair dela, foi completamente inesperada, não se fez anunciar, abriu de par em par as portadas da minha existência e arejou todos os recantos bafientos da minha vida vazia.

 

De início, não lhe dei muita confiança, não quis que percebesse que estava a começar a tomar conta dos meus pensamentos de forma persistente, não lhe quis mostrar a minha vulnerabilidade, mas era já nela que pensava ao acordar e era para ela que fugiam os meus pensamentos quando adormecia.

 

«- Acho-te piada.» Dizia eu para a irritar quando ela de olhar lânguido e voz cheia de mimo me perguntava se a amava. E os seus olhos baixavam tristes e desiludidos mediante a brincadeira da minha resposta. E lentamente… comecei a ficar preso nesse olhar…

 

Eu não sei se sucede o mesmo com outros casais, mas com Constança foi tudo mágico desde o primeiro dia. O nosso amor nasceu de uma noite quente de Primavera, alguém lá em cima conspirou muito a meu favor…Estávamos rodeados de gente e de repente detive-me no seu cabelo ao vento, havia algo de angelical na forma como prendia o cabelo atrás da orelha, havia algo de divino na forma como sorria. Por cima de nós uma lua gigante, daquelas que andam agora na moda, iluminava aquele que viria a ser o meu próximo destino, e foi quando a sua mão pequena, se perdeu na imensidão da minha, que soube que tinha encontrado o que toda a vida desejei.

 

Os dias sucederam-se numa descoberta voraz. Cada segundo era demasiado longo para estarmos afastados, fomo-nos despindo de quem eramos e vestimo-nos de “nós”. A nossa alma deixava-se encantar pelo outro e engrandecia a cada encontro. Cometemos a proeza de estar juntos longos anos, sempre com a novidade da descoberta, sempre com um pormenor de conquista, sempre com o desejo de fazer o outro feliz.

 

Não sei se a nossa felicidade incomodou os deuses do Olimpo, mas algures nessa estrada feita de nuvens, começamos a perdermo-nos um do outro. Olho para trás e não consigo perceber onde é que o ponteiro do relógio parou, onde é que o coração deixou de bater. Mas dava tudo para identificar esse momento para o reverter…

 

Pouco importa o que aconteceu depois, mas os nossos caminhos seguiram estradas diferentes. Desconheço como é feito o teu caminho: Será alcatroado? Espero que seja relvado porque tu mereces sentir a humidade fria do orvalho debaixo dos seus pés pequenos. Será com declives, acidentado? Desejo que não, de altos e baixos tens uma infância cheia e se houver relevo que seja sempre em sentido ascendente para te encaminhar ao céu. Será que vais acompanhada? Sozinha? De coração, desejo que não te faltem mãos amigas para te ajudar a levantar nos dias difíceis, não te faltem os ombros para chorar nas curvas mais apertadas, mas espero, do alto do meu orgulho, que não haja ninguém ao teu lado para entrelaçar os dedos e caminhar passo a passo…porque esse lugar é meu, conquistei-o por amor e direito. 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Favoritos