Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

A Albarda Enfeita o Burro

por aspalavrasnuncatedirei, em 31.01.07

 

mark.jpg

 

Os ditados populares encerram uma verdadeira sabedoria e este não é diferente. Uma mulher não consegue deixar de olhar duas vezes para um homem cuja fisionomia seja atractiva, ele até pode ser um bronco, mas se tiver um palminho de cara, deixar o rasto de um bom perfume, e envergar uma fatiota engraçada, estamos conquistadas. Não acreditam?!?! Então passo a exemplificar: Imaginemos um «trolha», daqueles nojentos, presos nos andaimes da construção civil, que ao ver passar uma mulher, verbalizam logo o seu piropo da ordem: «- Ó pá! És muita boa!!!».  Que horror! Que pobreza de espírito! Aquele som fere os nossos ouvidos como o giz a riscar o quadro. Mas peguemos no «trolha» e vamos transformá-lo num homem XPTO.  Primeira regra de ouro é um bom banho, o ideal é deixá-lo de molho uns dias; depois, desencarde-se as unhas, lavam-se os dentes (usa-se bastante fio dental), corta-se a piolhosa cabeleira; dá-se umas boas borrifadelas de Baldessarini. Seguidamente, veste-se um fato Armani, coloca-se uma gravata Façonnable e para finalizar, uns óculos de sol Dior.  Voilá!!! O protótipo do Príncipe Encantado. Mas por favor...mantenham-no calado! É que o vocabulário tosco, grosseiro, rudimentar, esse está lá, é intrínseco, e não há banho de loja que lhe valha.

 

Fico Assim Sem Você

por aspalavrasnuncatedirei, em 31.01.07

 

Imagem Retirada da Internet

 

 

 "Fico Assim Sem Você" - Adriana Calcanhoto

"Avião sem asa, fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola. Piu-Piu sem Frajola
Sou eu assim sem você.

Por que é que tem que ser assim,
Se o meu desejo não tem fim?
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim.

Amor sem beijinho,
Bochecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço, namoro sem 'amasso'
Sou eu assim sem você.
Tou louco p’ra te ver chegar,
Tou louco p’ra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço, retomar o pedaço
Que falta no meu coração.

Eu não existo longe de você.
E a solidão é o meu pior castigo,
Eu conto as horas p’ra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo Porque?
Pooooooorquê?

Neném sem chupeta, Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você.
Carro sem estrada, queijo sem goiabada.
Sou eu assim sem você.

Amigas do Peito vs Amigas da Onça

por aspalavrasnuncatedirei, em 31.01.07

 

 

 The saddest girl in town_Nicoletta.jpg 

 imagem: “The saddest girl in town” , Nicoletta

 

Teresinha:

 

 

Se te contar que foram sempre as mulheres que me fizeram sofrer  com mais veemência e convicção, e que me tentaram prejudicar, achas que minto?

Se te falar que quem me falhou nos momentos mais difíceis, naqueles em que eu precisava desesperadamente de um ombro para chorar, foram as mulheres, achas que sou ingrata?

Se te desabafar que nos momentos da minha vida em que me senti agredida, enganada até às profundezas do meu ser, com atitudes estranhas, absurdas e inexplicáveis por parte de mulheres que julgava minhas amigas, achas que estou a exagerar?

Mas Tu não és assim!!!

Fazes parte de um grupo, muito restrito, de pessoas que gosta realmente de Mim, por tudo aquilo que sou, por tudo aquilo que faço.

Gostas de Mim quando sou má filha, má mãe, má esposa, má mulher; os outros só gostam quando sou a pessoa ideal. Gostas de Mim com todos os meus defeitos e as minhas qualidades; com os meus erros e as minhas conquistas. Os outros só gostam quando faço o politicamente correcto e regresso a casa cheia de troféus.

Só Tu vês em Mim a Centelha Divina, quando todos os outros me desprezam ao ver o meu lado mais escuro, o meu lado mais lunar; só Tu entendes que tenho o direito de errar , quando todos os outros exigem que seja exemplar.

És a voz doce e sabedora que me lembra que depois de atravessar a escuridão da noite irei encontrar a luz e que no fundo do poço há sempre uma cama elástica.

És a Estrela Polar que brilha cintilante e me guia de volta ao meu Céu, ao meu caminho, sem nunca avaliares se ele é certo ou errado.

Se te confessar que ao longo dos meus dias fui muito mais vezes traída por mulheres do que por homens, acreditas em mim?

Homem Ideal

por aspalavrasnuncatedirei, em 31.01.07

 

O Homem Ideal Deve Ter...

 

A inteligência dos Japoneses;

A serenidade dos Orientais;

O romantismo dos Italianos;

A boa educação dos Ingleses;

O savoir  faire dos Franceses;

O dinheiro dos Árabes.

 

Deve ter a altura dos Nórdicos;

A largura de ombros dos Americanos;

O cabelo farto Brasileiros;

Os olhos claros dos Argentinos;Foto da campanha da Sagres Bohemia com Pierce Brosnan

As mãos precisas dos Suíços.

 

Pronto, está bem, mas senão encontrar nenhum homem com estas características... 

O Pierce Brosnan serve!

Amor e Ódio

por aspalavrasnuncatedirei, em 30.01.07

                                                           

sorrow.jpg

 O Amor pergunta ao Ódio:

- Porque me odeias tanto?

O Ódio responde-lhe:

- Porque um dia amei-te demais!

 

Algo de Mágico

por aspalavrasnuncatedirei, em 30.01.07

Para a Sandra Caracol

 

Uma amiga dizia -me que se sente muito feliz por partilhar a sua vida com algúém que considera muito especial. Que encontrou a pessoa cujas características se encaixam perfeitamente no seu ideal de Homem. Lembrei-me deste texto de Carlos Drummond de Andrade. Dedico-lho a ela, a ele... e a todos aqueles que, nesta vida vida, já encontaram a sua Alma Gémea.  

 

 

 

 Quando encontrares alguém e esse alguém fizer o teu coração parar de funcionar por alguns segundos, presta atenção:
- Pode ser a pessoa mais importante da tua vida!
Se os vossos olhares se cruzarem e, nesse momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fica alerta:
- Pode ser a pessoa que tu estás à espera desde o dia em que nasceste!
Se o toque dos vossos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem de água nesse momento, percebe:
- Existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do teu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradece:
- Algo do céu te mandou um presente divino: O AMOR!
Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receberes um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entrega-te:
- Vocês foram feitos um para o outro!
Se por algum motivo estiveres triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o teu sofrimento, chorar as tuas lágrimas e enxugá-las com ternura:
- Poderás contar com ela em qualquer momento da tua vida!
Se conseguires, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do teu lado...
Se achares a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijama velho, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...
Se não conseguires trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...
Se não conseguires imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao teu lado...
Se tiveres a certeza que irás ver a outra envelhecendo...e, mesmo assim, tiveres a convicção que vais continuar sendo louco por ela...
Se preferires fechar os olhos, antes de a ver partindo:
- Foi o Amor que chegou na tua vida!
Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um Amor Verdadeiro.

 
Carlos Drummond de Andrade

Beijos

por aspalavrasnuncatedirei, em 30.01.07

   

paria.jpg

                    Beleza Erotismo Ilusão Juventude Orgulho Sensualidade

  

Memórias de um Beijo    

 

Lembras-me uma marcha de Lisboa

Num desfile singular,

Quem disse que há horas e momentos para se amar?

 

Lembras-me uma enchente de maré,

Com uma calma matinal.

Quem foi? Quem disse que o mar dos olhos

Também sabe a sal?

 

As memórias são

Como livros escondidos no pó.

As lembranças são

Os sorrisos que queremos rever ... devagar.

 

Queria viver tudo numa noite.

Sem perder a procurar

Tempo ou o espaço que é indiferente para poder sonhar.

 

As memórias são

Como livros escondidos no pó.

As lembranças são

Os sorrisos que queremos rever ... devagar.

 

Quem foi que provocou vontades?

E atiçou as tempestades?

E amarrou o barco ao cais?

Quem foi que matou o desejo?

E arrancou o lábio ao beijo?

E amainou os vendavais?

 

As memórias são

Como livros escondidos no pó.

As lembranças são

Os sorrisos que queremos rever ... devagar.

 

 

Luís Represas/João Gil

Tristeza

por aspalavrasnuncatedirei, em 30.01.07

 

Tu
  Raiva
  Idiota
   Saudade
  Tirano
   Solidão
  Amor

Casamento

por aspalavrasnuncatedirei, em 30.01.07

macacos.jpg

                         Imagem retirada da Internet

 

Todos os grandes Mestres falaram e escreveram sobre o casamento: Jesus, Buda Kalil Gibran, Osho, Ghandi, mas, curiosamente... nunca nenhum deles casou :o)

É tão fácil opinar sobre o que não conhecemos, o que não sentimos.

Como se superam os obstáculos e as dificuldades?

Ficam as palavras de quem diz que sabe...

 

 

Nascestes juntos,

Juntos ficareis para sempre.

 

Ficareis juntos

Quando as asas brancas da morte

Dispersarem os vossos dias.

 

Sim. Ficareis juntos

Até na silenciosa memória de Deus.

 

Mas que haja espaço na vossa comunhão;

E que os ventos do céu

Dancem no meio de vós.

 

Amai-vos um ao outro,

Mas não façais do amor um empecilho:

 

Seja antes um mar vivo

Entre as praias das vossas almas.

 

Enchei cada um o copo do outro,

Mas não bebeis por um só copo.

 

Partilhai o pão;

Mas não comais do mesmo bocado.

 

Cantai e dançai juntos, sede alegres;

Mas permaneça cada um sozinho,

Como estão sozinhas as cordas do alaúde

Enquanto nelas vibra a  mesma harmonia.

 

Dai os vossos corações;

Mas não a guardar um ao outro.

 

Porque só a mão da Vida

Pode conter os vossos corações.

 

Mantende-vos juntos,

Mas nunca demasiado próximos:

Porque os pilares do templo

Elevam-se, distanciados

E o carvalho e o cipreste

Não crescem á sombra um do outro.

 

Kahlil Gibran, O Profeta

Morre Lentamente

por aspalavrasnuncatedirei, em 30.01.07

Imagem Retirada da Internet

 

 

Morre lentamente quem não viaja,

Quem não lê, quem não ouve música,

Quem destrói o seu amor próprio

Quem não se deixa ajudar.

 

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito

Repetindo todos os dias o mesmo trajecto,

Quem não muda as marcas no supermercado,

Não arrisca uma cor nova

Não conversa com quem não conhece.

 

Morre lentamente quem evita uma paixão

Quem prefere o “preto no branco” e os “pontos nos is”

A um turbilhão de emoções indomáveis

Justamente as que resgatam um brilho nos olhos,

Sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

 

Morre lentamente quem não vira a mesa

Quando está infeliz no trabalho,

Quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,

Quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

 

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte

Ou da chuva incessante, desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,

Não perguntando sobre um assunto que desconhece

E não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

 

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo

Exige um esforço muito maior do que o simples acto de respirar.

Estejamos vivos então!!!

Carlos Ferreira (Poeta Angolano)

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Favoritos