Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

aspalavrasnuncatedirei

Há palavras que nunca chegam ao destino...fazem uma longa e amarga travessia pela solidão dos sentidos e morrem na escrita destas crónicas.

Pantufinha Aniversariante

por aspalavrasnuncatedirei, em 25.09.09

 

 

Imagem Retirada da Internet

 

Meu amor:
Hoje é sem dúvida um dos dias mais especiais do ano, mais especiais da minha vida. Faz hoje precisamente nove anos que decidiste fazer as malas, deixar para trás a acomodação apertada e escura que era a minha barriga e vir partilhar connosco a tua vida. Cada 25 de Setembro é um recordar daquele dia magnífico em que te pude tocar, abraçar, beijar pela primeira vez. O teu nascimento veio trazer a toda a nossa família mais luz, mais alegria, mais amor. Foste o primeiro filho, primeiro neto, primeiro sobrinho, primeiro afilhado… tudo à tua volta se tornou mais bonito e especial, apenas porque existias. Sabes, tenho saudades daqueles primeiros meses, em que te colocava no meu colo, sentia o teu calor, o teu cheiro a bebé lavadinho. Tenho saudades de te ter no meu peito a recolher o néctar que servia para alimentar a tua vida, e dar significado à minha. Tenho saudades de te sentir meu, de te sentir uma parte do meu ser, o melhor que havia em mim. «-Gosto tanto de ti meu amor», todas as noites te segredo ao ouvido, quando vou aconchegar-te a roupa, antes de também eu ir dormir. E fico deitada ao teu lado a tentar desvendar os teus sonhos e segredos, a desejar que no meio das tuas brincadeiras com anjos, também haja espaço para mim. Ainda continuas a ter bochechas quentinhas, ainda tens aroma de menino acabadinho de nascer. Ainda, e sempre, olho para ti como um milagre, como um presente que Deus me deu, em nome de algo muito bom que já devo ter feito nesta vida. Neste dia de aniversário quero dizer-te que tu, e o mano, ocupam a maior área do meu coração, aquela que é a mais pura, a mais bela, a mais singela. Quero que entendas que tudo o que faço é sempre pensando em vocês, na esperança de fazer o melhor possível. Sabes, as mães também se enganam, cometem erros e têm realmente a mania que fazem e dizem aquilo que é melhor para os filhos, mas não é verdade… Desculpa… todas aquelas vezes em que me esqueço que ainda és menino e que te exijo que te portes como um homem. Desculpa por nem sempre teres a minha mão por perto quando precisas atravessar um caminho. Lamento por não ser sempre o meu rosto que vês ao acordar, por não saber jogar à bola com a destreza de um profissional e por não conhecer de cor os nomes dos teus Gormitis e Pokémons. Desculpa também por te querer calçar sapatos quando preferes sapatilhas, por insistir nas camisas quando queres t’shirts, por ralhar sempre que a tabuada não está certa… Quando olho para ti observo o ser humano extraordinário que és, sinto sempre que tenho muito a aprender contigo. Neste dia do teu aniversário, quero desejar-te uma vida repleta de amor (na dimensão daquele que sinto por ti), quero desejar-te sol para iluminar todas as tuas brincadeiras, pinguinhos de chuva para fazer florescer grandes amizades e quero desejar que todas as tuas conquistas sejam feitas com a mesma determinação e sucesso com que os teus pontapés fazem a bola entrar na baliza. Desejo ainda que do teu corpo transborde de saúde, que dos teus olhos caiam apenas lágrimas de felicidade e que a vida te ame tanto como eu. Num dia como o de hoje, tenho vontade de te devolver à minha barriga e recomeçar tudo outra vez… Amo-te, Pantufinha, feliz aniversário.
 

 

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Favoritos